FutebolGlobal

Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019

COPA DO MUNDO DE 1962: BRASIL BICAMPEÃO


Vários países se candidataram a sede da Copa 1962: a Fifa tinha decidido que depois de 2 Copas seguidas na Europa, era a vez da América Latina. Em 1956 países membros votaram e Chile teve 32 votos contra 10 da Argentina. Nessa Copa, o Brasil no grupo 3 com Tchecoslováquia, México e Espanha. A estréia foi diante dos mexicanos: no 2o tempo abriu o placar com Zagallo aos 11 e Pelé ampliou aos 28 fechando a vitória por 2 a 0. Contra os tchecos, o 0 a 0 e a grave contusão de Pelé.
 
O Brasil precisava apenas empatar com a Espanha para se classificar para a próxima fase. Porém, o atacante Amarildo, substituto de Pelé, brilhou e a seleção venceu. A “fúria” saiu na frente, com o Amarildo empatando aos 27 do segundo tempo e virando o jogo no final. Pelas quartas-de-final, foi a vitória contra a Inglaterra por 3 a 1, com Garrincha abrindo o marcador aos 31 do primeiro tempo. Na segunda etapa Vavá marcou aos 8 minutos e novamente Mané aos 14, classificando a seleção.
 
Na semifinal, disputando a vaga na decisão, o Brasil enfrentou os anfitriões, no estádio Nazional do Chile com 76500 pessoas. A dupla Vavá e Garrincha brilhou: o Brasil venceu os donos da casa por 4 a 2. A seleção começou com Garrincha fazendo 1 a 0 aos 9 min e aos 32 min mais um gol. Vavá fez terceiro brasileiro logo aos 3 minutos do segundo tempo e aos 33 minutos também ele o quarto gol, colocando o Brasil na grande final deste Mundial. O adversário de novo, foi a Tchecoslováquia.
 
Era a única equipe que havia empatado com o Brasil na primeira fase. A final ocorreu no dia 17 de junho, no estádio Nacional do Chile, assistida por 69 mil pessoas. Os tchecos saíram na frente aos 15 da primeira etapa. Mas, 2 minutos mais tarde, Amarildo empatou para os campeões do mundo. No segundo tempo, Zito virava o placar aos 24 min. A Tchecoslováquia tentou reação, mas aos 33 Vavá marcou o gol do título da seleção que venceu por 3 a 1 e se consagrou bicampeã do mundo.