FutebolGlobal

Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019

COPA DAS CONFEDERAÇÕES DA FIFA


FESTIVAL DE CAMPEÕES

A Copa das Confederações é um dos grandes torneios organizados pela FIFA. Disputado de 4 em 4 anos, o evento serve agora como preparação para a Copa do Mundo, tanto para as seleções que participam da competição como para o país que sediará o Mundial: essa Copa das Confederações obrigatoriamente é realizada no ano que antecede à Copa do Mundo, promovida pelo mesmo país sede. Trata-se de um teste prático da capacidade do anfitrião, em sediar competição desse porte.

Olhos do mundo todo se voltam para a competição. Além dos torcedores que têm oportunidade de assistir melhores seleções do mundo em campo, jornalistas especializados e comissão técnica da FIFA, bem como confederações nacionais, avaliam a infra-estrutura de olho no Mundial. Mas essa Copa das Confederações não é apenas uma prévia da próxima Copa e também brilha: disputam 8 seleções: do país-sede, 6 campeãs de torneios oficiais nos continentes e atual campeã do mundo.

TODAS AS 9 EDIÇÕES

Essa competição teve a primeira edição na Arábia Saudita, em 1992. Naquela época era chamado de Copa do Rei (King Fahd Cup) e participaram apenas Arábia com outras 3 seleções convidadas: Costa do Marfim, Estados Unidos e Argentina que foi a campeã. Em 1995, novamente o país árabe promoveu já com 6 seleções (Argentina, Dinamarca, Japão, México, Nigéria e a anfitriã). O título foi vencido pela Dinamarca que bateu a Argentina na final. Em 1997 ainda lá, a 1ª conquista brasileira.

Em 1999 pela 1ª vez na sua história deixou de ser jogada na Arábia Saudita e torneio foi no México que aproveitou vantagem de jogar em casa; levou o título, ao derrotar a seleção canarinho na final. A edição seguinte, em 2001, foi no Japão e Coréia, países que sediaram o Mundial 2002. Ganhava mais importância já que serviu e pela 1ª vez, como um preparatório (França campeã). A conquista francesa se repetiu em 2003 quando sediou. Depois disso, só Brasil campeão: 2005, 2009 e 2013.

TÍTULOS DO BRASIL

Arábia Saudita 1997 Arábia Saudita 1997 Alemanha 2005 Alemanha 2005 África do Sul 2009 África do Sul 2009

Arábia Saudita 1997: Brasil Campeão

Em 1997, a seleção brasileira foi a campeã, ao derrotar a Austrália na final por 6 a 0. O time tinha Dida, Cafú, Roberto Carlos, Dunga, Denilson (eleito melhor do torneio), Ronaldo (4 gols) e Romário (7 gols). Sob forte sol do deserto, com Zagallo no comando, começou com vitória de 3 a 0 sobre os anfitriões, seguida por empate sem gols com a Austrália e vitória de 3 a 2 sobre o México. O placar de 2 a 0 foi na semifinal foi contra a República Tcheca e voltou a enfrentar Austrália na finalíssima.

Alemanha 2005: Brasil Bicampeão

Na edição disputada na Alemanha que seria a sede da Copa de 2006, o Brasil foi grande campeão ao derrotar a seleção da Argentina por 4 a 1 na grande final. Os 5 gols de Adriano, renderam a ele a artilharia do torneio e prêmio Chuteira de Ouro adidas. Aos 23 anos, também recebeu a Bola de Ouro adidas de melhor jogador do torneio. Todos os gols de Adriano foram belos frutos de jogadas tramadas pelo “Quadrado Mágico”, junto com companheiros Robinho, Kaká e Ronaldinho Gaúcho.

África do Sul 2009: Brasil Tricampeão

Em 2009, a seleção brasileira já era atual campeão da competição. Na sua oitava edição realizada na África do Sul, que sediou a Copa do Mundo de 2010, nas semifinais o Brasil derrotou por 1 a 0 a “bafana bafana” (seleção anfitriã). Com a grande final, o Brasil sagrou-se tricampeão (1997, 2005 e 2009), com histórica vitória de virada por 3 a 2, sobre os Estados Unidos, com o gol da vitória nos últimos minutos do jogo. Os 2 gols de Luís Fabiano e o gol final de Lúcio, foram no segundo tempo.

OUTRAS CAMPEÃS

Arábia Saudita 1992: Argentina Arábia Saudita 1992: Argentina Arábia Saudita 1995: Dinamarca Arábia Saudita 1995: Dinamarca México 1999: México México 1999: México Coréia/Japão 2001: França Coréia/Japão 2001: França França 2003: França França 2003: França

O número de espectadores nas 2 edições iniciais (280 mil), apesar de realizadas na Arábia Saudita e não serem oficiais, era atraente e a FIFA chamou para si a organização, a partir de 1997. Surgia assim, a Copa das Confederações. Apesar de continuar na Arábia, o torneio bianual passou a ter 8 seleções representando 5 continentes. Em 2005, a FIFA anunciou mudanças. A partir daí não mais seria de 2 em 2 anos e sim passaria a ser de 4 em 4, sempre no ano anterior de Copas do Mundo.